Um arranjo floral pra chamar de seu

Investir em flores é a melhor alternativa para deixar o astral da casa lá em cima. Mas nada de correr para a floricultura mais próxima. Passar um tempo montando os seus próprios arranjos pode ser uma boa terapia. Não tem muito jeito pra coisa? A gente te ajuda. Inspiradas pelas dicas da florista Marina Gurgel, do atelier A Bela do Dia (@abeladodia), a nossa produtora Clarissa Luz e a fotógrafa Camila Rotta botaram a mão na massa e criaram três arranjos com as flores da estação. Além de bonitos, são simples e fáceis de fazer. Veja quais flores usar, onde comprar e como montar aí na mesa de casa mesmo.

1. FLORES E FRUTAS

 CHR_8230

A Marina comentou que estamos na época das frésias – aquelas flores coloridinhas e cheirosas que duram um tempão. Ela também sugeriu misturar frutas no arranjo. “Gosto muito de tangerinas que agora são vendidas em galhos no Ceagesp”, diz ela. As meninas juntaram as duas ideias e o resultado ficou lindo. Para montar o seu, escolha um vaso com a abertura maior, com mais de dez centímetros. Primeiro, coloque as hastes da tangerina (R$10 o maço), depois as de eucalipto (R$15) e vá encaixando as cravíneas e os cravos (R$30 cada maço). No meio, entram as frésias. Para que o resultado fique menos simétrico, a dica é cortar as hastes em tamanhos diferentes.

O que você vai usar:
5 hastes de frésias
3 hastes de tangerina com as frutas
5 hastes de cravíneas
5 hastes de cravos
Hastes de eucaliptos

 

2. COSTELAS-DE-ADÃO E ESTRELÍTZIAS

CHR_8192

“Se for usar folhagens, faça delas a base do seu arranjo”, avisa Marina. Além de bonito, um vaso com plantas tropicais é do tipo moderno e sofisticado. Aqui, Clarissa e Camila usaram três hastes de costelas-de-adão (R$8 cinco folhas), mas só uma de cada já basta para ficar lindo. O vaso, uma jarra de prata antiga e um pouco sujinha, deu essa impressão rústica ao trabalho. Na hora de montar, coloque primeiro as folhagens e depois as estrelítzias (R$10 o maço), mas fique atento ao cortar as hastes pois, como elas são grandes, é preciso levar em conta o tamanho do vaso para não ficar desproporcional.

O que você vai usar:
3 costelas-de-adão
4 estrelítzias

 

3. BOCA-DE-LEÃO E FOLHAS DE GARDÊNIA

CHR_8259

“Misturar cores muito fortes no mesmo arranjo nunca fica bacana. O ideal é escolher vários tons da mesma cor e criar um efeito degradê”, sugere a florista. A meninas acataram as ideias dela e resolveram fazer uma versão em tons de verde. Para montar, coloque as bocas-de-leão (R$8 o maço) no centro, mas cuidado para não cortar muito pois ficam mais bonitas bem altas. Mais próximas da base do vaso ficam as folhas de gardênia (R$5 o maço). Usamos duas garrafas de suco de uva orgânico de até um litro e meio como vasos, mas se você não tiver em casa opte pelos modelos mais longos e estreitos.

O que você vai usar:
4 hastes de boca-de-leão
2 hastes com folhas de gardênia

 

Para durar mais
1- Coloque o vaso em um lugar arejado, mas distante da luz do sol.
2- Troque a água dia sim, dia não.
3- Para absorver melhor a água, corte as hastes na diagonal.
4- Deixe as flores longe do vento, assim elas não perdem as pétalas tão rápido.

 

Serviço:

Onde comprar as flores:
Feira de Flores da Ceagesp
Rua Aroaba, 273 – Vila Leopoldina
Todas às terças e sextas-feiras no pavilhão MPL, da meia noite às 8h30.
www.flores24.com.br

Para encomendar:
A Bela do Dia
Rua Mourato Coelho, 1003 – Pinheiros
www.abeladodia.com

Onde comprar os vasos dos arranjos 1 e 3:
Loja MO.D
Rua Alagoas, 503 – Higienópolis
www.lojamod.com.br

 

Fotos: Croc e Croc/ Camila Rotta

Produção: Croc e Croc/Clarissa Luz

 

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *