Plantas: precisamos falar sobre elas

Existem coisas que ninguém pode fazer por você. Se informar é uma delas. Recebemos passivamente um volume absurdo de informações a cada hora. Talvez, em alguns dias, isto represente mais do que os nossos bisavós receberam a vida inteira. A diferença é que eles observavam e descobriam mais as coisas que a gente. Muitas vezes, acabamos simplesmente aceitando o que temos à mão e não reparamos nas enormes possibilidades que estão ao nosso redor. Levando isso em conta, como eu amo as plantas e vivo pesquisando sobre elas, desta vez resolvi trazer duas fontes de informação bem úteis para quem quiser se atualizar. 

Uma delas é este artigo publicado recentemente pela BBC Brasil que aponta que nós consumimos apenas 0,06% das plantas comestíveis do planeta. Parece um número irrisório, certo? Por motivos naturais, como a polinização, ou pela domesticação das plantas, chegamos até aqui com um menu de opções bastante restrito comparado com o que existe na natureza. Por outro lado, descobrir que ainda há tanto para conhecermos – e que dificilmente, se preservarmos o que está vivo, ficaremos sem opções –, é motivo para comemorar!

A outra é o livro
Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no Brasil  de Vandely Ferreira Kinupp e Harri Lorenzi, dois grandes estudiosos do assunto. A dupla compilou dez anos de estudos em um livro lindo cheio de informações, imagens e receitas e, claro, ingredientes que nem imaginávamos existir e que podem ser encontrados em um passeio pelo parque ou no caminho do trabalho. Lançado pelo Instituto Plantarum, que também editou o incrível Plantas Medicinais no Brasil, entre outras maravilhas, pode ser comprado aqui.

Gostou? Então, vamos passear pelo bosque e voltar com a cestinha cheia para casa? 

Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *