Bolo de cenoura turbinado

Sabe aquele bolo que fica muito úmido, oleoso ou abatumado? Pois é, isso é comum de acontecer com o de cenoura que, apesar de rápido de fazer, tem lá seus segredos. Por isso, sempre achei esta receita uma das mais complexas de fazer. Mesmo assim, resolvi fazer e deu super certo!

A dica amiga é nunca bater muito a farinha. É isso que faz com que ele fique pesado. Outra coisa importante é medir certinho os ingredientes – confeitaria tem dessas coisas! Na hora de assar, veja lá como o seu forno se comporta já que cada um é de um jeito. Se demora pra aquecer, se ele é superaquecido… Tem que ficar de olho pra saber quando o bolo estará pronto. Imagino que você vá se basear no tempo que sugeri, mas pode ser que fique pronto um pouco antes ou depois. Para saber, vale usar o velho teste do palito: se sair limpinho e seco, tá pronto.

Eu fiz com a calda cremosa de brigadeiro que acho mais gostosa e emocionante do que só aquela casquinha de chocolate. Mas, nada impede que você mude de ideia. Sinta-se livre que o bolo é todo seu!

crocecroc_bolodecenoura

Modo de preparo

  • O bolo

Em um liquidificador, bata o óleo de milho, a cenoura, os ovos e o açúcar. Depois, misture com a farinha e o fermento peneirados. Coloque a massa em uma forma com um furo no meio untada com manteiga e farinha e leve ao forno pré-aquecido a 180º C por aproximadamente 40 minutos.

  • A calda cremosa de brigadeiro

Coloque todos os ingrediente em uma panela e leve ao fogo baixo. Misture até ficar com uma consistência um pouco mais mole que a de um brigadeiro de colher. Agora, é só colocar em um prato bem bonito, comer com a calda e, claro, aproveitar para raspar a panela!

 

Fotos: Vitor Jardim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *